Turismo em Curitiba cresce com as temperaturas mais baixas

Uma massa de ar gelado chegou a Curitiba e, com as temperaturas baixas, a expectativa do setor do turismo é que a capital paranaense atraia mais visitantes, sobretudo das regiões mais quentes do País. O inverno curitibano é um atrativo à parte e o resultado é visível para o turismo e gastronomia da cidade.

Uma massa de ar gelado chegou a Curitiba e, com as temperaturas baixas, a expectativa do setor do turismo é que a capital paranaense atraia mais visitantes, sobretudo das regiões mais quentes do País. -Na imagem, o Parque Barigui com geada. Foto: Cesar Brustolin/SMCS


Em julho de 2016, Curitiba registrou 9.308 atendimentos nos Postos de Atendimento ao Turista, o maior número de todo o ano passado. Foram mais atendimentos que nas férias do verão, ressalta a presidente do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba, Tatiana Turra. “As características urbanísticas e arquitetônicas da cidade somadas ao frio criam uma atmosfera que atrai os visitantes”, explica. “A cidade fica mais charmosa.”



Tatiana também exalta a diversidade de atrativos na capital mais fria do Brasil. “Temos muitas opções temáticas de gastronomia e o próprio Festival de Inverno do Centro Histórico”, lembra ela. O festival vai até 23 de julho.

O presidente do Curitiba, Região e Litoral Convention & Visitors Bureau, Adonai Aires de Arruda Filho, afirma que o fluxo de turistas é maior durantes os meses de inverno. “Percebemos a chegada de muitos turistas do Nordeste nessa época”, diz ele. “Escutamos com frequência as pessoas comentarem que aqui elas podem usar aquela bota que não sai do armário ou aquele casaco que foi comprado na Argentina”, brinca.

O Convention representa diversos hotéis e restaurantes da cidade e a rede gastronômica, segundo Arruda Filho, acaba sendo um grande chamariz para os turistas.

Uma massa de ar gelado chegou a Curitiba e, com as temperaturas baixas, a expectativa do setor do turismo é que a capital paranaense atraia mais visitantes, sobretudo das regiões mais quentes do País. Foto: Orlando Kissner/SMCS (Arquivo)


Frio de verdade

A chance de nevar é pequena, mas segundo o Simepar há uma grande probabilidade de gear durante essa semana na cidade. “A distribuição das temperaturas sobre o estado do Paraná mostrou claramente a evolução de um ar frio na tarde desta segunda-feira”, explica a meteorologista Ana Beatriz Porto da Silva. “Curitiba registrou uma máxima de 23 ºC e apresentou declínio rápido de temperatura”, diz.



Para esta terça-feira, a “previsão é de formação de geadas fortes”, ressalta. Na quarta-feira, a temperatura deve atingir 0°C e a chance de gear é ainda maior.