Hoje é dia de homenagear o turista!

Quem não gosta de desbravar caminhos desconhecidos? Conhecer destinos novos, culturas diferentes, provar um prato típico de outra cozinha e se deslumbrar com paisagens paradisíacas fazem parte da rotina de quem gosta de viajar.



Se para quem viaja, mesmo que a negócio, o turismo é sinônimo de prazer, para quem recebe o visitante, a atividade turística gera negócios e movimenta a economia local. É importante que os destinos invistam em infraestrutura para receber bem esses viajantes.

Até os visitantes que viajam por motivação religiosa ou para tratamento de saúde movimentam o turismo. É desse segmento do turismo, por exemplo, que vive a pequena Abadiânia, no interior de Goiás, localizada entre Goiânia e Brasília, onde um centro espírita atrai visitantes do Brasil e do mundo inteiro. 



São gastos com transporte, hospedagem, alimentação, compras e passeios, entre muitos outros serviços oferecidos aos visitantes para que eles aproveitem o destino durante o tratamento espiritual.

Turismo em Curitiba: o que ver e fazer?

Conhecida como uma das melhores cidades para se viver no Brasil, Curitiba, a capital do Paraná, é referência quando falamos sobre desenvolvimento urbano de qualidade com preservação ambiental. São mais de 30 parques espalhados por todo o município, incluindo o belo Tanguá, o Barigui, uma extensa área preservada da mata nativa no coração da cidade e o Jardim Botânico, com a estufa em estrutura metálica, principal cartão postal do município.



A capital paranaense também preserva a influência dos imigrantes europeus. As raízes italianas podem ser encontradas nas cantinas de Santa Felicidade, os poloneses marcam presença em docerias, enquanto os ucranianos participam da feirinha de artesanato, com seus ovos pintados a mão. Mas se você procura por mais, um passeio pela Rua das Flores irá te mostrar o mix de culturas da cidade em seus cinemas, teatros e cafeterias.

Curitiba também é conhecida pelo seu clima, a temperatura baixa e a chuva já fazem parte do cenário curitibano. A melhor época para visitar a cidade é entre os meses de março e maio, quando as temperaturas são mais amenas. No inverno, os termômetros marcam média de 13 graus.

Fachada do Guaíra Palace Hotel


A cidade fica ainda mais movimentada no segundo semestre do ano, quando acontece vários festivais e o inverno que deixa a cidade mais charmosa.

Ministério do Turismo

O Ministério do Turismo preocupa-se não apenas com a promoção dos destinos e investimentos em infraestrutura turística adequada para receber bem os viajantes. A Pasta entende que os turistas são fundamentais para ajudar a movimentar a economia do país e alerta aos viajantes sobre algumas medidas básicas que devem ser tomadas, antes e durante a viagem. No site viagem legal o visitante encontra, entre outras informações, dicas sobre os direitos do turista em relação aos transportes, bagagens e hospedagens, entre outras relações de consumo. O turista também deve ser responsável e deixar uma boa impressão no destino visitado, contribuindo para que a atividade turística seja uma prática sustentável.



Outra opção para os viajantes é o Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos do Ministério do Turismo. Ao consultar o Cadastur, o turista poderá se certificar se os serviços contratados serão prestados por empresas e pessoas regulamentadas. Entre os serviços de cadastro obrigatório estão os guias de turismo autônomos, agências de viagem, meios de hospedagem, acampamentos turísticos, parques temáticos, transportadoras turísticas e organizadoras de eventos. São serviços fundamentais para que a viagem seja sinônimo de satisfação.