Zoológico de Curitiba tem horário ampliado e atrações para o fim de semana

Com atividades lúdicas voltadas para a conservação da fauna e horário ampliado para visitação no fim de semana, o Zoológico do Alto Boqueirão é uma boa opção de passeio para quem ficou ou está visitando Curitiba neste sábado (5/1) e domingo (6/1). E o melhor: a entrada é gratuita.

Zoológico tem horário ampliado e atrações para o fim de semana. Foto: Cesar Brustolin/SMCS (arquivo).

Desde meados de dezembro, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente passou a fechar o local uma hora mais tarde aos sábados, domingos e feriados. Agora, o funcionamento nestes dias é das 10h às 17h. A medida deve valer durante todo o horário de verão.

Uma das atrações a serem conferidas é a programação do Ano do Tamanduá, proposto pela Associação dos Zoológicos e Aquários do Brasil, com atividades voltadas para a conservação das espécies do animal ameaçadas no país.



Antes ou depois de se divertir por lá, vale passar pelos recintos dos tamanduás-bandeira Igor e Lola. A fêmea veio para Curitiba de um criadouro conservacionista para uma tentativa de reprodução fora da natureza.

Durante o passeio também vai ser possível conhecer alguns dos filhotes de espécies ameaçadas e vulneráveis que nasceram em outros programas de reprodução da Secretaria do Meio Ambiente no Zoo. Um deles é o muriqui ou mono-carvoeiro, que chegou em agosto.

Zoológico tem horário ampliado e atrações para o fim de semana. - Na imagem, onça-pintada. Foto: Luiz costa/SMCS


Números

No ano passado, quase 642 mil visitantes passaram pelo Zoológico de Curitiba. Atividades como o concurso de escola do nome da tamanduá Lola, a festa de 29 anos da girafa Pandinha, os dias nacionais da onça-pintada e do tamanduá e o dia mundial do chimpanzé contribuíram para aumentar o público e o conhecimento das pessoas sobre a conservação.

O Zoo

Voltado para o estudo e conservação da fauna, o Zoo fica na Rua João Miqueletto, s/n, Alto Boqueirão. Conta com mais de 1,5 mil animais na área de exposição. Grande parte deles veio de situações de intervenção humana que impossibilitaram sua soltura na natureza, tais como apreensões, tráfico, circos e maus-tratos.



Diversas espécies ameaçadas de extinção participam de programas de reprodução por lá. Além de poder saber mais sobre os animais na área de exposição, no Zoo as crianças contam com um Centro de Educação Ambiental com diversas atividades.