Dólar alto impulsiona procura por Curitiba em buscador de viagens

A alta cotação do dólar em relação ao real, acima dos R$ 4, vem mudando o perfil de buscas por viagens. Os destinos internacionais estão perdendo lugar para os nacionais. Essa foi a conclusão de um levantamento realizado pelo buscador de viagens Kayak.

Dólar alto impulsiona procura por Curitiba em buscador de viagens. Foto: Luiz Costa/SMCS (arquivo)


Destinos das regiões Sul e Nordeste do país são maioria. A única cidade internacional da lista é Santiago que, por ser na América do Sul, está relacionada à tendência de procura por destinos menos dolarizados.

O levantamento ainda pondera que a alta do dólar também incide nos preços das passagens aéreas nacionais, mas apesar disso, a estada acaba sendo mais acessível, reduzindo os valores gastos nos períodos de viagem.



Para quem continua buscando por viagens ao exterior, a recomendação do portal é comprar as passagens com, no mínimo, três a quatro meses de antecedência da data da viagem. Já para passagens nacionais, a antecedência recomendada é de um mês.



Metodologia

A pesquisa foi feita em 11 de setembro no Kayak por voos de ida e volta com saída de todos os aeroportos do Brasil para todos os aeroportos do mundo. Para a tabela de crescimento, a data de viagem considerada foi de 1 de outubro de 2019 a 31 de dezembro de 2019.



O período de buscas comparado foi de 9 de julho a 9 de agosto de 2019 (um mês antes do dólar atingir R$ 4) com 10 de agosto a 10 de setembro de 2019 (um mês com dólar acima de R$ 4).



Kayak

É uma plataforma digital que auxilia os viajantes a tomarem decisões de viagem. É considerado o principal buscador de viagem do mundo, pesquisa outros sites para apresentar informações como melhores voos, hotéis, carros de aluguel e pacotes de viagem.