O que fazer em Curitiba em um fim de semana?

Quer saber o que fazer em Curitiba? Veja nosso roteiro com os melhores passeios e pontos turísticos imperdíveis, incluindo os famosos parques da cidade, para um fim de semana incrível!



A capital do Paraná, Curitiba fica a mais de 900 metros de altitude e é o mais populoso município do estado. Considerada pela UNESCO como uma das Cidades Criativas do Brasil, ela é também a mais ambientalmente sustentável da América Latina, além de ter boa infraestrutura, dinamismo econômico e ótima qualidade de vida.

Assim, pessoas de todas as partes visitam a região por sua beleza, seus festivais e seus pontos turísticos únicos, como o famoso e lindo Jardim Botânico. Vamos lá?




Centro histórico de Curitiba

Que tal uma boa visita ao centro histórico de Curitiba? A Praça Tiradentes, um dos pontos turísticos mais importantes da cidade, também é onde fica a Catedral Metropolitana de Curitiba, uma belíssima construção em estilo neogótico e um dos mais conhecidos cartões-postais curitibanos.



Por ali, em 1668, originalmente havia uma pequena igreja de pau a pique que cedeu lugar ao belíssimo templo construído entre 1876 e 1893. Recentemente restaurado, seu interior revela uma beleza ainda mais impressionante que seu exterior e encanta devido a grande riqueza de detalhes.

Dica: estacione ali pertinho para tirar fotos da famosa estátua de Tiradentes e da bela igreja. Aproveite a parada para conhecer outras atrações locais, como o Memorial de Curitiba e o Museu Paranaense.

Perto da Praça Tiradentes, não deixe de passar na Rua XV de Novembro, o primeiro calçadão para pedestres do Brasil! Hoje o calçadão da XV é um grande ponto de encontro e de compras entre os Curitibanos, onde você pode encontrar diversas lojas, cafés, restaurantes e artistas de rua.

Jardim Botânico: cartão postal de Curitiba!

Considerado como um dos mais lindos cartões-postais da região, o Jardim foi inaugurado em 1991 e é um dos principais pontos de interesse dos turistas brasileiros e estrangeiros.

O espaço conta com uma estufa, construída em estrutura metálica e vidro, no estilo Art Nouveau, e inspirada em um palácio de cristal que existiu em Londres, abrigando espécies botânicas da Floresta Atlântica.



Além disso, em 2008 foi inaugurado o incrível Jardim das Sensações, um espaço delimitado por cercas vivas, onde os visitantes têm contato direto com plantas de diferentes formas, texturas e aromas. Por lá, os sentidos humanos são tentados pelos sons do vendo e das cascatas, pelos perfumes das flores, pelo toque das folhas e através das cores da vegetação. Faça esse passeio sensorial de olhos bem abertos para ver tudo de pertinho, ou vendados para que a percepção dos seus outros sentidos possa ser 

intensificada!




Se você gosta de passeios próximos à natureza, Curitiba é realmente o lugar certo. Além do Jardim Botânico, que é um dos mais famosos da cidade, você também pode visitar o Parque Barigui, os parques Tingui e Taguá, muito próximos um do outro, o Bosque do Alemão (ótimo para as crianças) e muitos outros!

Museu Oscar Niemeyer ou “Museu do Olho”

Visitar o Jardim é um dos programas mais recomendados para os turistas, mas ainda há muito o que fazer em Curitiba. Depois de uma tarde de fotos e belas paisagens, que tal conhecer um pouco mais sobre um dos maiores arquitetos brasileiros? Afinal, a cidade é lar do maravilhoso Museu Oscar Niemeyer (MON), um verdadeiro exemplo de arquitetura artística, e que fica a apenas 20 minutos de carro do Jardim Botânico.




Arquitetado pelo próprio Niemeyer, o museu foi inaugurado em 2002 e possui 12 salas expositivas, realizando mais de 20 exposições e recebendo mais de 300 mil visitantes todos os anos.

O lugar é tão extraordinário que foi eleito como um dos 20 locais mais bonitos do Brasil, assim como um dos 20 museus mais bonitos e interessantes do mundo. Vale muito a visita!


Para quem vai ao Museu do Olho, fica a dica! O Passeio Público e o Mercado Municipal de Curitiba ficam no mesmo sentido, então vale a pena visita. Programe-se para almoçar no Mercado, que oferece não apenas diversas opções gastronômicas em uma grande praça de alimentação, mas também tem uma variedade incrível de frutas, legumes e sementes.